Show simple item record

dc.contributor.authorXavier, Erick Caldas
dc.date.accessioned2017-08-24T08:58:27Z
dc.date.available2017-08-24T08:58:27Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1834/10259
dc.description.abstractDemonstration of the significant regeneration of thre natural areas (Environmental Protection Area of the Ilhas e Várzeas do Rio Paraná, Ilha Grande National Park and Várzeas do Rio Ivinhema State Park) after the creation of protected areas, without harming the local economy, can contribute to the deconstruction of the paradigm that protection of nature is incompatible with economic development. Through a SIG analysis of a period of 30 years, it can be seen that after decades of degradation, the past 20 years saw significant increase in forest and regeneration areas in the three conservation areas, whilst agriculture and Gross Domestic Product of the region increased. In addition to protecting biodiversity and natural resources, when conservation areas provide shelter to land in regeneration, they can provide important ecosystems which support life thus contributing to the sustainability of the landscape and human development.en
dc.description.abstractMostrar a regeneração significativa de três áreas naturais (Área de Proteção Ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná, Parque Nacional de Ilha Grande e Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema) após a criação de unidades de conservação, sem trazer prejuízos à economia local, pode contribuir para desconstruir o paradigma de que a proteção da natureza é incompatível com o desenvolvimento econômico. Por meio da análise de SIG de uma série temporal de 30 anos, foi constatado que após décadas de degradação as três unidades de conservação tiveram um significativo aumento de áreas de floresta e área em regeneração nos últimos 20 anos, ao mesmo tempo em que as áreas de agricultura e o Produto Interno Bruto da região aumentaram. Além de protegerem a biodiversidade e os recursos naturais as unidades de conservação ao abrigarem estas áreas em regeneração, podem fornecer importantes serviços ecossistêmicos de suporte à vida, contribuindo, portanto para a sustentabilidade da paisagem e o desenvolvimento humano.pt
dc.language.isopt
dc.publisherUniversidade Estadual de Maringá. Departamento de Biologia. Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais.
dc.subject.otherBrazil
dc.subject.otherSelf-reliance
dc.subject.otherWetlands
dc.subject.otherFloodplain
dc.subject.otherUpper Paraná River
dc.subject.otherAutossuficiência
dc.subject.otherAgronegócio
dc.subject.otherPlanície de inundação
dc.subject.otherÁreas úmidas
dc.subject.otherBrasil
dc.subject.otherAnthropocene
dc.subject.otherHuman ecology
dc.subject.otherAgribusiness
dc.subject.otherEnvironmental management
dc.subject.otherÁrea de Proteção Ambiental das Ilhas e Várzeas do rio Paraná
dc.subject.otherGestão ambiental
dc.subject.otherParque Estadual das Várzeas do rio Ivinhema
dc.subject.otherParque Nacional de Ilha Grande
dc.subject.otherEcologia de paisagem
dc.subject.otherEcologia de paisagem
dc.subject.otherSustentabilidade
dc.subject.otherAntropoceno
dc.subject.otherEcologia humana
dc.subject.otherAlto rio Paraná
dc.titleA efetividade das unidades de conservação na sustentabilidade da paisagem.pt
dc.title.alternativeThe effectiveness of protected areas in the landscape of sustainability.en
dc.typeThesis/Dissertation
dc.description.degreeMasters
dc.format.pages57pp.
refterms.dateFOA2021-01-30T18:47:53Z


Files in this item

Thumbnail
Name:
XavierE.C..pdf
Size:
11.31Mb
Format:
PDF

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record